top of page
  • Foto do escritorGralha Azul - Turismo e Aventura

Paraquedista Sabiá em Turvo com a TV Paraná Turismo


Em mais uma jornada do programa Sabiá no Paraná, o esportista desembarcou na Capital dos Pinheirais para conhecer as culturas e aventuras da região central do estado. Das gastronomias típicas às belezas naturais locais, dois episódios narram as vivências junto à equipe da Gralha Azul - Turismo e Aventura.

No primeiro capítulo, exibido em dezembro de 2020, Sabiá e a equipe conhecem o centro receptivo e Casa Histórica Gabriel e Luiza Pilati, que guarda um vasto acervo de objetos e imagens retratando o cotidiano dos pioneiros colonizadores desta região. Em seguida, o grupo curte a magnitude da cachoeira Águas da Laje em um rapel com 30 metros de adrenalina e uma vista panorâmica para a copa dos pinheiros centenários.

Continuando a aventura, a próxima parada foi nas corredeiras radicais do Rio Cachoeira no Boia Cross, com toda a segurança para aproveitar o movimento das águas. Para aproveitar cada mergulho, Sabiá enfrentou os desafios do Aquatrekking, conhecendo lindas cachoeiras e lugares místicos da trilha. Para encerrar, todos apreciaram os quitutes do Lanche Rural Ucraniano.

Seguindo para o Sítio dos Carneiros, a família do Bira demonstrou a cultura dos tropeiros nas provas do couro e do chasque, onde os muladeiros e suas montarias foram desafiados a reproduzir tarefas do dia-a-dia destas figuras históricas. A Culinária Tropeira também esteve presente no arroz com charque, virado de feijão, café tropeiro e outras delícias.

O segundo episódio, exibido neste mês de fevereiro de 2021, já começa com a visita à comunidade quilombola Campina dos Morenos, onde Sabiá e a equipe da TV Paraná Turismo conheceram pontos históricos, acervos tradicionais e demonstrações do cotidiano afro-brasileiro na região. Na Casa Histórica Campina Velha, puderam também saborear o Almoço Quilombola com as conservas caseiras.

De lá, o aventureiro foi dobrar seu paraquedas e conhecer artefatos indígenas no Sítio Arqueológico Marrecas, ao som da gaita do Seu José e junto a peças ancestrais de até dez milênios que ele preserva há mais de 30 anos como parte da trajetória dos Tupi-guarani e dos Itararé-taquara por estas terras.

Continuando a viagem pelas raízes dos povos originários, o grupo visitou a Aldeia Guarani Koe Ju Porã, onde a comunidade fez demonstrações artísticas de canto e dança, além de brincadeiras típicas da cultura, como parte das vivências do Caminho da Terra Sem Males, rota turística oficial do Paraná que valoriza a cultura destes povos junto a passeios, trilhas, palestras e mostras.

Após o almoço, Manjar de Peixes preparado com carinho no Pesque e Pague Canoa Branca, foi tempo de voar com a turma da Associação de Voo Livre de Guarapuava na nova pista do Recanto Halma, localidade Colônia Velha Ivaí, que junto à Trilha das Cavernas e ao rapel no Salto Cristalino integra o circuito de aventuras no segundo planalto de Turvo. Deu voo e Sabiá partiu no horizonte, marcando no céu da Capital dos Pinheirais as emoções destes dias de aventura com a Gralha Azul.

Nosso agradecimento ao Sabiá e a toda equipe pelo carinho e pelos belíssimos registros desta natureza exuberante, que com respeito e amor, é lar de diversos momentos bons e passeios inesquecíveis para todos os públicos.


Sabiá do Paraná - Primeiro programa:


Sabiá do Paraná - Segundo programa:


Comentarios


bottom of page